#inspiração – quarto do bebê e do casal

O quarto do bebê muitas vezes não pode ser diferente do quarto do casal. Por indisponibilidade de espaço, por exemplo, o casal tem que dividir o quarto com o bebê. As dúvidas são muitas em relação a isso, principalmente sobre decoração. Neste aspecto, fiz uma pesquisa em alguns blogs estrangeiros para trazer a vocês alguma inspiração.

De pronto, já aviso que cada canto é um canto. Logo, não vale se frustrar por não conseguir seguir a risca uma ideia. A criatividade deve ser exercitada de acordo com suas possibilidades.

Cortinas

Gostei muito da ideia de fazer uma divisão entre o cantinho do bebê e o dos pais com cortinas. Além de deixar o ambiente mais bonito, permite a sensação de privacidade sem afastar os pais do bebê. É preciso estar atento ao material dessas cortinas, procurando aqueles anti qualquer coisa que seja prejudicial à saúde do bebê – como mofo, por exemplo.

As cortinas estão em sintonia com os detalhes no berço

As cortinas estão em sintonia com os detalhes no berço

Cores e detalhes

Uma boa alternativa na decoração é a sincronia das cores e o destaque dos detalhes, como neste exemplo do quarto girafa. Tanto o berço como a cama utilizam a mesma parede como apoio. A parede, com linhas quebradas cinzas sobre o branco gelo de uma ponta a outra dá uma sensação de amplitude, é compartilhada assim como as cores dos tecidos no berço e na cama. Destaque para girafa que dá um contexto à utilização do amarelo. Ficou muito fofo.

Tanto o berço, como a cama compartilham os mesmo elementos de cor.

Tanto o berço, como a cama compartilham os mesmo elementos de cor.

Charme nos detalhes

Neste exemplo, o charme está nos detalhes. A parede não transmite informações, deixando a cargo do berço, da cômoda-trocador e dos enfeites nela instalados. É um jeito bacana de decorar sem ter que fazer grandes mudanças, como uma pintura na parede, por exemplo. Basta aplicar detalhes que conversem entre si.

O estilo rústico dos móveis dão um toque especial ao ambiente

O estilo rústico dos móveis dão um toque especial ao ambiente

Economizando espaço com móveis planejados

Uma boa alternativa para quem não dispõe de muito espaço são os móveis planejados. A versatilidade que eles proporcionam ampliam o espaço por serem vários móveis num só. Por exemplo, este berço que já traz consigo o trocador, o porta fraldas e a lixeira ou cesto de roupas sujas, além da cama auxiliar.

Além de prático, é um charme a combinação do aspecto madeira com os detalhes brancos

Além de prático, é um charme a combinação do aspecto madeira com os detalhes brancos

Aproveitando cada cantinho

A criatividade resolve tudo mesmo. Aproveitando cada cantinho com uma ideia prática você terá a solução do problema do quarto do bebê. Das ideias que encontrei por aí, esta foi uma das que eu mais gostei. Aproveitando o que antes poderia ser o espaço para um armário embutido, o cantinho do bebê ficou garantido. O berço já tem um trocador removível e uma cestinha. A cômoda tem espaço para guardar boa parte das roupas e acessórios do bebê. A estante, na minha opinião é dispensável. Já a poltrona, adorei como ela quebra o contraste exclusivo do preto e branco.

ao fundo, uma parede escura para destacar o contraste entre o branco dos móveis do bebê

ao fundo, uma parede escura para destacar o contraste entre o branco dos móveis do bebê

O que eu mais gostei foi este pequeno closet feito na parte externa do cantinho do bebê. Uma pequena arara que além de ser útil, decora o ambiente. Coisa mais fofa.

Uma forma bem inteligente de dispor aquelas roupinhas que só podem ser guardadas no cabide

Uma forma bem inteligente de dispor aquelas roupinhas que só podem ser guardadas no cabide

As imagens desse post foram retiradas dos seguintes sites:

http://cdn4.blogs.babble.com/

http://mangacompimenta.com

http://www.homeaway.pt

http://jessicapaulino.blogspot.com.br

http://www.inhabitots.com/

http://www.passiondecor.me

 

 

Anúncios

Quarto da Beatriz – lilás e branco, pequeno e lindo

Chegou a hora de compartilhar com vocês o quarto da Beatriz. Sinto muito pelas fotos, pois foram feitas com iPhone. Eu não resisti, com toda aquela ansiedade que estava estou sentindo, e apesar dos riscos de pegar poeira, desembalei tudo de novo e montei o quarto. Eu queria muito ver como estava ficando toda a decoração que planejei com muito carinho e fui fazendo aos poucos. Me inspirei em muitos outros quartos na internet, mas fiz a meu gosto, do tamanho que o cômodo e o orçamento me permitiam.

Iniciamos com as paredes. O maridão e eu pintamos de branco com tinta anti-bactéria. Foi uma parte divertida e engraçada por conta dos nossos não dotes de pintores de parede. Depois vieram os móveis, todos bem branquinhos. Optamos por um conjunto completo da Carolina Móveis, da linha Clara. O berço vira caminha, a cômoda é trocador e o guarda-roupas bem espaçoso. Também teve o colchão, Ortobom Baby Light antirrefluxo – presente da vovó Dete.

Sempre pensei nas cores lilás e branco. Mas cheguei a mudar de ideia e considerei a combinação marrom com rosa. Na hora de comprar, voltei ao plano inicial porque as chances de acerto são maiores e também porque proporciona uma delicadeza maior. De decoração, o primeiro item foi o kit de berço. Com a temática de menininha, as peças se dividem em lilás e branco e em algumas tem um xadrezinho com as cores. Fofo! O kit contém a cabeceira, as laterais, o mosquiteiro, fronha, lençol de elástico, lençol de cima, edredom e trocador – este último que acabei substituindo por um mais fofinho.

Como no meu projeto – sim, fiz um projetinho a partir das medidas do cômodo e dos móveis adquiridos – havia uma cama da babá, coloquei os olhos numa que nós já tínhamos aqui em casa e utilizávamos como sofá. Ela tinha cor de mogno – apesar do material passar bem longe de sê-lo. Pintei de branco e a coloquei no quarto. Aproveitei também um lençol de cima de casal, dado pela minha sogra ao meu digníssimo quando ainda era solteiro, todo branco com a beirada bordada na mesma cor. Comprei umas fronhas brancas, outras lilás, aproveitei alguns travesseiros sobressalentes aqui de casa e comprei duas almofadas quadradas.  Pronto! Feito a cama da babá.

A melhor parte foi a cortina. Estava disposta a gastar cerca de R$200, mas no dia que fui à Leroy Merlin comprar a prateleira, encontrei esta de algodão na cor lilás por R$29,90. Era uma ponta de estoque. Com fita de cetim e flores de pelúcia, dei um toque especial. Ficou um charme. Bem, acho que as imagens poderão falar melhor por mim:

#Inspiração – quarto pequeno de bebê

Assim como nós, pais da Beatriz, muita gente por aí deve estar quebrando a cabeça para montar o quartinho do bebê em um cômodo minúsculo. Mas, há algumas dicas bem práticas de deixar o cantinho do seu neném pronto para recebê-lo sem gastar muito. A cor da parede, por exemplo, influência muito na aparência do tamanho do cômodo. Opte por cores claras, dando preferência ao branco que dá ideia de amplitude.

Procure ter no quarto somente objetos essenciais. Se você acha que uma cômoda é suficiente, ótimo!, mas se precisar de um guarda-roupas procure um compacto. O fato dos móveis serem brancos também ajuda muito. Se o bebê terá um cantinho no mesmo quarto do casal, basta um berço e um trocador e um armário bem organizado para guardar as roupas dos pais e da criança.

Veja alguns bons exemplos de ideias práticas de quartos pequenos de bebê:

Em breve publico fotos do quartinho da Beatriz que está ficando uma lindeza só!

Fonte das imagens: Quarto de bebê; Alana Tenorio Arquitetura; Casa da Idea; Moveis planejados; Gecko Stickers

 

#Inspiração – Quarto de bebê menina rosa

Para quem está no processo de decoração do quarto do bebê, segue algumas lindezas para fazer você se inspirar. Para quem já pensa em rosa quando sabe que está esperando uma menina, segue alguns exemplos:

Fontes das imagens: Bed Room Design; Graha Design; Core Architect