Maternidade – a mala do bebê

Rumo à maternidade

Totalmente aconselhada pelos artigos que já li, corri atrás de fazer a malinha da maternidade da Beatriz. Com o enxoval pronto, faltava a bolsa. Comprada a bolsa, não via a hora de começar. Sou do tipo de virginiana que não é bem o que o signo diz, principalmente no quesito organização. Mas, para certas coisas, eu prefiro tudo em ordem, bem detalhadinho. Assim tenho feito com as coisas da Beatriz. Por exemplo a existência desse blog, que me permite organizar minhas ideias e informações a respeito da gestação e, de lambuja, compartilhar com outras pessoas.

Bom, estou na 34ª (iniciada hoje) semana de gestação, li em alguns lugares que a mala da maternidade deve ser feita logo que você ultrapassa o sexto mês de gravidez. Que o ideal é chegar à 36ª semana já com a mala pronta. Outros apontam que com 28 semanas de gestação as malas devem estar prontinhas! Como vinha acontecendo tudo certinho com a gestação da Beatriz, não me apressei quanto ao que levar para a maternidade. Conforme o enxoval fivaca pronto, mamãe e eu nos colocamos no tanque para lavar peça por peça à mão com sabão de coco e muito carinho. Depois, passei tudo por dentro e por fora e guardei bem organizadinho para facilitar na hora de montar a malinha.

Dei uma boa varrida na internet sobre o que levar na malinha do bebê, em alguns sites achei listas exageradas, bem diferentes da que eu anotei quando participei do curso de gestante. Deve ser para garantir o consumo! Fiz a minha média entre tantas listas e, depois do parto, conto para vocês se foi o suficiente ou não.

Antes de detalhar o que tem na mala da Bia, adianto logo que eu organizei tudo em saquinhos com etiquetas. Não sei quem será a primeira pessoa a ter acesso a esta mala, melhor que esteja tudo bem fácil de encontrar.

Então, vamos aos itens:

  • 1 kit saída da maternidade (manta, macacão e touca)
  • 1 kit pagãozinho (blusinhas pagãs, calça mijãozinho sem pés) + par de meias
  • 1 kit body manguinha curta + calça mijãozinho sem pés + par de meias
  • 1 kit body manguinha curta + calça mijãozinho com pés reversíveis
  • 1 kit para o frio (touca + par de luvas + par de meias)
  • 1 cueiro avulso
  • 3 fraldas de pano
  • 3 paninhos de boca
  • 1 lençol de berço
  • 1 kit toalhinha de rosto + toalha com capuz
  • 1 pomada anti-assadura
  • 4 fraldas descartáveis para recém-nascido
  • 1 kit higiene (necessarie com pente + escovinha de cabelo + dedeira + cortador de unhas)
  • 1 trocador de fraldas portátil (já acompanha a bolsa)

Como pôde ver nas fotos acima, separei as roupinhas em saquinhos com etiquetas identificando os itens. Assim, facilita a escolha de quem for vestir o bebê. Também estão em saquinhos etiquetados as toalhinhas, o lençol, as fraldas, o cueiro e o kit para o frio. Na maternidade onde pretendo fazer o parto, eles já fornecem as fraldas descartáveis, por via das dúvidas coloquei as quatro para RN que tenho que ganhei no curso de gestante.

Ainda não finalizei a mala da mamãe. Assim que o fizer, posto aqui. Mas o esquema será o mesmo, saquinhos etiquetados e economia na quantidade de itens. Exageros não são bem vindos.

Anúncios

Sobre Jéssica Macêdo

Mãe da Beatriz e do Artur. Doula, gateira, jornalista viciada em redes sociais, especialista em brigadeiro de panela. Torce para o Flamengo e tritura pipoca nas horas vagas. Saiba mais no Twitter @jemmacedo e veja mais no Instagram @mesintogravida

2 pensamentos sobre “Maternidade – a mala do bebê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s